Disponibilidade

Vamos falar de disponibilidade

Seus serviços de TI estão constantemente apresentando falhas? Os serviços da sua empresa não são entregues com rapidez? Seus clientes não param de ligar para o suporte? Confira qual pode ser o seu problema e o que fazer para resolvê-lo!  

Serviços indisponíveis?  

Quando falamos em gestão de TI é importante estar atento para a disponibilidade dos serviços. Ela é a garantia que um serviço (ou outro item de configuração) desempenhará suas funcionalidades conforme requerido. Isso significa que para um serviço funcionar corretamente, o nível de disponibilidade deve condizer com o nível exigido pelo cliente 

Por que a disponibilidade é tão importante? 

A disponibilidade de um serviço é um tema tão importante porque é a base para garantir a satisfação do cliente. Em outras palavras, é fundamental para um serviço cumprir com as necessidades e, consequentemente, as expectativas do cliente.  

Um serviço com 100% de disponibilidade é o ideal?  

Quem não quer ter serviços de TI 100% disponíveis, não é mesmo? Mas é preciso estar atento a uma questão importante: o custo. Lembre-se de que estar 100% disponível significa que não houve interrupções naquele serviço durante o período de tempo acordado.  

Antes de determinar o nível de disponibilidade de um recurso, lembre-se de que esse processo precisa ser cuidadosamente planejado. Manter um serviço 100% disponível, durante certo período de tempo, pode resultar em um alto custo para a sua empresa.  

Para evitar esse tipo de situação, é preciso fazer um planejamento, e a gestão de disponibilidade é a forma mais recomendada para isso. O gerenciamento é um processo que busca garantir que os serviços de TI correspondam às necessidades de disponibilidade do negócio de maneira mais efetiva em custo. Dessa forma, é possível medir as informações e saber qual será o custo de ter uma determinada disponibilidade do serviço em um determinado período de tempo.  

Calculando a disponibilidade  

O cálculo é feito baseado no tempo de serviço acordado e o tempo de indisponibilidade. A fórmula é dada da seguinte forma:  

Formula Disponibilidade

É importante lembrar também que o tempo de indisponibilidade é definido como a soma dos tempos de serviços em estados que representam indisponibilidade. A tabela abaixo traz os estados presentes no monitoramento da Unit e quais deles correspondem com a indisponibilidade do serviço.

Tabela Estados Unit

Exemplo prático: 

No mês de outubro, o serviço de e-mail de uma empresa esteve indisponível por 186 horas (93 horas em estado CRITICAL e 93 em estado ERROR) e o acordo de tempo de disponibilidade do serviço é de 24 horas.  

Como outubro tem 31 dias, tem-se um tempo total de 744 horas durante esse mês. A fórmula, portanto, deve ser aplicada da seguinte maneira:  

Disponibilidade = (744 – 186) / 744  

Dessa forma, a disponibilidade do serviço de e-mail foi de 75% 

Como evitar que um serviço fique fora do ar?  

A melhor maneira de manter o nível de disponibilidade conforme acordado é monitorando o ambiente de TI. Assim, é possível saber os estados dos serviços. Também é possível identificar se há um ou mais serviços indisponíveis.  

Uma boa prática que deixa o processo de monitoramento mais eficaz é analisar os serviços e outros ativos presentes no seu inventário. Isso facilita a coleta de informações importantes para a identificação de casos de indisponibilidade.  

Manter esse monitoramento constante é fundamental para um bom fluxo de trabalho. Caso algum serviço se torne indisponível e esse estado não foi previamente planejado, você deve enviar notificações para a equipe de TI 

Lembre-se também que é importante que as informações dos serviços monitorados estejam visíveis para os responsáveis pelo processo. Por isso, uma boa medida é centralizar esses dados em dashboards, permitindo mais visibilidade aos indicadores dos recursos.  

Sobre a Unit  

Pensando nesse cenário, desenvolvemos a Unit Platform para auxiliar no processo de monitoramento da infraestrutura de TI. Dentro dela, o Multisite Monitoring permite que você analise e crie ações para os eventos nos quais os serviços se encontram.  

Asset Management permite que você tenha mais controle de todo o ambiente de hardware e software. Dessa forma você ganha mais agilidade e eficiência na gestão dos seus ativos e do histórico de alterações e relatórios.  

Com o Business Metrics você pode criar dashboards intuitivos e de fácil integração. Dessa forma você pode dar mais visibilidade aos indicadores de TI e divulgar diversos relatórios situacionais.  

Oferecemos um período de teste gratuito de 14 dias da nossa versão na nuvem. Faça o teste ou entre em contato conosco para mais informações.

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Leave a Reply