Infonetics Research revela os altos custos do downtime

De acordo com pesquisa realizada pela Infonetics Research, o custo do downtime decorrente de uma falha de TI pode chegar a $100 milhões de dólares por ano para as grandes empresas. Na média, as 250 organizações americanas entrevistadas perdem $4 milhões por ano e têm cerca de duas falhas de rede por mês, com seis horas de duração cada uma.

O estudo revela, também, que apenas 12% desse custo é referente a solução do problema. Perda de receita e de produtividade do funcionário representam as maiores despesas. Outro custo mencionado pela Infonetics – que é mais difícil de ser medido, mas que deve ser também considerado – refere-se ao comprometimento da imagem da empresa.

Outro aspecto mencionado na pesquisa são as causas desses períodos de inatividade. Segundo o relatório, existem três possibilidades: falha de equipamento, software ou serviços de terceiros (1º), falhas de energia (2º) e erro humano (3º). Acrescentam que as redes têm a maior incidência de downtime causado por prestadores de serviços, ao passo que as aplicações têm a maior taxa de erro humano.

custo downtimeNos períodos em que os recursos são escassos e as demandas cada vez maiores, os custos da TI reativa se tornam ainda maiores. Uma ferramenta eficaz de monitoramento, como o MonitoraIT, alerta com antecedência as interrupções, problemas de desempenho e problemas de capacidade do sistema, permitindo a tomada de medidas protetivas e corretivas de forma proativa, antes que os usuários e o negócio seja prejudicado. Além disso, o MonitoraIT permite que as organizações planejem com antecedência a expansão ou a reparação de sistemas – antes que os problemas se transformem em tempo de inatividade.

Saiba mais: http://www.netwall.com.br/avalie-gratuitamente-monitorait

Faça um teste gratuito: http://www.netwall.com.br/avalie_gratuitamente.php

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Leave a Reply